terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Essas coisas do amor...

Eu controlava os canais da TV.
Eu controlava a temperatura do forno.
Controlava a velocidade do liquidificador.

Eu costumava controlar as calorias ingeridas.
Eu controlava os toques do telefone.
E quase sempre, minhas horas de sono.

Eu controlava o que dizer.
Eu controlava os atos.
Controlava as lembranças.

Eu controlava os olhares, as palavras e o tempo.
Cada sentimento era proposital e friamente controlado.

Até o dia de sua volta.
Até o dia em que você me trouxe de volta ao tão apaixonante caos.

PS: Bem feito pra mim não te esquecer!

Um comentário:

mlubre disse...

Sempre que pensamos que nossa vida está em equilibrio, que estamos no comando, encontramos alguém capaz de "caotizá-la". Algo terrivelmente encantador.

Beijos adorada!